: Cristiane Campanholo / : 22/06


Existem épocas em nossas vidas que as coisas não acontecem como era para ser. Fazemos tudo direito, damos o nosso melhor e, por mais que persistamos, as coisas não andam.

Posso comparar isso a um belo e grande vaso de flores de nosso terraço, que cuidamos com toda a dedicação. As flores estavam lindas, dá um orgulho enorme de ter feito tudo para que elas ficassem assim. Olhando para elas, salta um sorriso no rosto! As pessoas dizem: “Que lindas que estão estas flores”. Aí cuidamos mais ainda, para que elas fiquem sempre belas.

Um certo dia, começa a época de chuvas, muitas chuvas. Continuamos cuidando das flores, ou melhor, achamos que estão bem molhadas, pois já chove lá fora. E não nos damos conta que as preciosas flores estão morrendo afogadas. As flores começaram a murchar e a definhar. Pouco a pouco, nossas belas flores começam a morrer.

E agora? O que fazer? Largar tudo de mão porque não aconteceu como gostaríamos? Desistir das flores porque agora estão feias e murchas? Esconder tudo porque as pessoas falam “O que aconteceu com suas flores, não cuidou direito?”. Não é fácil, a frustração é grande, mas este é o momento de agir!

O que pode ser feito? Já que o mundo é cheio de possibilidades e novos caminhos, como recuperar nossas belas flores? Primeiro, precisamos observar a causa de elas terem murchado. Procurando bem, foi percebido que o prato entupiu o escoamento de água, que estava apodrecendo dentro do vaso. Então, tirar o prato é uma possibilidade. Feito isso, com sofrimento e com ajuda, já que o vaso é grande e bem pesado, liberamos ela do grande problema. E aquela água podre começou a sair, a escoar, fazendo um rio com o problema.

E não é no primeiro dia que tudo se resolve. As flores continuaram a definhar, alguns galhos até morreram. Mas, quando queremos, arrumamos um jeito de resolver a situação. Tiramos os galhos velhos, as folhas murchas e amareladas e ela começou a mostrar sinais de que estava reagindo. E ela percebeu nossa dedicação, pois logo apontou botões de novas flores, como se fosse um grande sorriso. Logo vai estar linda de novo, colorindo nossos dias na janela do terraço branco.

E em nossas vidas? Quantas vezes queremos desistir por causa das tempestades emocionais e dos problemas que nos dão um laço? Precisamos esmorecer? NÃO! É nessa época que precisamos parar, respirar, equilibrar e avaliar as possibilidades.

Às vezes é apenas um prato que está segurando a água lá dentro. Às vezes é algo simples, que queremos complicar. Mas tenha fé, principalmente em você mesmo. Viemos para conseguir, viemos para a vida para realizar. Problemas são apenas desafios para nos fazer ficar mais fortes, mais espertos e, principalmente, perceber as possibilidades.

Já pensou se não existissem as épocas ruins? Seriamos tão medíocres! Eu sempre digo: para que aceitar uma nota 7 se podemos tirar um 10? E estes desafios da vida, são um impulsionador para chegarmos na nota 10.

Só as dificuldades e os problemas fazem nos mexermos, buscarmos mais, aprendermos mais, encontrarmos novas soluções, evoluirmos. Então, agradeça os problemas, pois sem eles, você não teria tantas ferramentas para resolver sua vida como você tem!

Em vez de problemas, encare-os como experiências, para que possamos ter o aprendizado necessário para sermos mais fortes e pessoas diferenciadas.

E não basta pensar positivo, precisamos também analisar as possibilidades e agir, chegando à conclusão que precisamos Viver Positivamente! Isso é um mantra, uma forma de vida.